«

»

maio 30

Todos pela Cultura – O que é este movimento?

Rodrigo Munari, em sua participação em Dongguan, na China

Nesta terça-feira, 29, estivemos na Assembleia Legislativa para prestigiar a homenagem que o Conselho Estadual de Cultura,encontramos o músico e produtor cultural, Rodrigo Munari que nos falou sobre o projeto que esta mobilizando diversos artistas pelo estado: Todos pela Cultura!

Em virtude da baixa organização dos agentes culturais do RS, e considerando a profunda riqueza cultural que nosso Estado pode oferecer para o Brasil e América Latina, artistas e empreendedores da área da cultura iniciaram o movimento denominado TODOS PELA CULTURA.

O que pretende o movimento?

O movimento TODOS PELA CULTURA luta para que a ARTE – manifestação humana de ordem estética ou comunicativa – ou seja, a música, a literatura, a escultura, a pintura, o teatro, o cinema, o circo, a dança, dentre outras artes, sejam valorizadas e consolidadas na nossa terra!


Precisamos fortalecer as produções e artistas do nosso estado gaúcho que fazem o manejo da nossa diversidade cultural. Esse compromisso deve ser de todos que se preocupam com o crescimento do turismo, da economia, da cultura e do amor pelo Rio Grande do Sul. O nosso estado é uma grande possibilidade. Somos um povo lutador, basta unidade e trabalho para que possamos colocar a nossa cultura no patamar que ela merece no Brasil.

Se a indústria cultural gaúcha se fortalecer, a economia dos Municípios e do Estado será impactada positivamente pois a moeda circulará internamente!
Para que os artistas gaúchos possam levar a nossa arte para outros lugares, é importante que sejam gigantes na nossa terra.
A valorização da nossa arte precisa iniciar na nossa casa.
As prefeituras municipais são fundamentais nesta construção. Levar a cultura gaúcha para o seu município é uma inestimável contribuição da sua prefeitura para o Rio Grande do Sul, para a materialização de um projeto de expansão econômico e social.
Todos crescem, todos ganham!
Importante registrar a homenagem que o CEC recebeu da Assembleia Legislativa na tarde de terça, pela passagem dos seus 50 anos. Marco Aurélio Alves, presidente do Conselho é um homem do diálogo e mais, da ação. Alves acenou par ao grupo que luta pela cultura para encontros. Vem coisa boa por ai

!

Deixe uma resposta