«

ago 25

Ministro do Turismo recebe pedido de tombamento da cultura gaúcha

Por Giovani Grizotti

25/08/2021 14h51  Atualizado há 44 minutos


CTG Lalau Miranda, no Enart — Foto: Deivis Bueno

CTG Lalau Miranda, no Enart — Foto: Deivis Bueno

Uma reunião em Brasília, na tarde desta quarta-feira (25), pode significar o começo de uma revolução para a cultura gaúcha. O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, vai receber formalmente o pedido de tombamento da cultura gaúcha como patrimônio imaterial do país, formulado pelo senador Luis Carlos Heinze (Progressistas).

“A cultura riquíssima do nosso povo brasileiro é tributária do gaúcho e de suas tradições. Talvez por isso o Rio Grande do Sul seja, atualmente, o Estado com maior número de museus do Brasil, cerca de 1,2 mil grupos de danças, 1,7 mil Centros de Tradições Gaúchas (CTGs). Mais de três mil rodeios e festas campeiras realizadas anualmente, movimentam a economia dos municípios”, alega o senador.

Além de Heinze, também participam do encontro do presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Cultura e Tradição Gaúcha, Lucas Redecker (PSDB), secretário de Turismo do estado, Ronaldo Santini (PTB) e o adido cultural César Oliveira.

Se prosperar, o pedido fará com que nossas tradições se igualem a manifestações culturais como o Frevo, Roda de Capoeira, Procissão do Senhor dos Passos de Santa Catarina e Literatura de Cordel, entre outras. Isso vai garantir investimentos e incrementos via leis de incentivo à cultura. Um marco para beneficiar um segmento que gera renda e empregos à população.

O pedido será protocolado na pasta do Turismo, por ser a responsável pela Secretaria Nacional de Cultura, ao qual o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que deve examinar a solicitação, está vinculado.

Deixe uma resposta