Arquivo por categoria: D. Paixão

fev 16

O RÁDIO: “muitas vozes, um mundo novo”

 – Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta) Esta coluna digital, tipo Chasque Pampeano, tem destinatário, como nome, texto e endereço. Digo mais: a mensagem tem texto e contexto. Por que não: pretexto?  Data: 13 de fevereiro de 2021. A UNESCO, acrônimo em inglês da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e …

Continue lendo »

jan 21

Politica, Informação e Jogo de Ideias

 – Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta)   Enfim, terminou 2020. O ano acabou, porém a pandemia ainda não. Acabará ? Talvez, sim; embora ninguém no mundo possa assegurar datas ou prazos para isso. Os desafios se estenderam e em enormes quantitativos; se estendem, mostrando que falta muito ainda e se estenderão para sentidos …

Continue lendo »

ago 04

A Vida, seus percalços e a Calamidade extrapoladora da Quarentena Coronaviralizada

 – Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta) Entretido e cuidando de preservar a saúde mental no meu brinquedo favorito contemporâneo de – quarentenado e #FiqueEmCasa – escrever textos, poesias e brincar com as palavras, anotei três significados do dicionário para o termo vida. São os sinônimos: biografia, história e existência. Ouvi do poeta, amigo, …

Continue lendo »

jun 19

A Mulher semeadora de sonhos para as Gerações

– Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta)   Sabem aquela pergunta que você jamais imaginou lhe seria feita? Bem assim, aconteceu comigo. Não sei precisar a data, porque não é essa das minhas melhores habilidades. Bueno, se eu não me lembro dessa vez inaugural na data exata, pelo menos posso confirmar que foram incontáveis …

Continue lendo »

jun 13

A Memória guardará as Lembranças -homenagem ao Porca Véia

A MEMÓRIA GUARDARÁ AS LEMBRANÇAS – Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta)                O sentimentalismo da data consagrada ao dia dos namorados durou até o início da tarde, para a maioria do mundo regionalista do sul do Brasil. Provavelmente, uma boa parte dos leitores e leitoras deste texto no Chasque Pampeano, sítio já tradicional …

Continue lendo »

jun 12

Vá em Paz, Porca Véia

Com esse Poema o administrador/editor do chasquepamnpeano.com.br, de autoria de Dilmar Paixão prestamos nossa homenagem para esse grande gaiteiro e tradicionalista Porta Véia. Autoria: Dilmar Paixão   Um Minuto de Silêncio se faz quando morre alguém. Eu estou triste, também, pela morte do gaiteiro. P’ra quem viveu no entreveiro dos fandangos, bailes e festa. Tua …

Continue lendo »

jun 12

Uma Carta Pedagógica a quem se preocupa com a cultura dos Povos

– Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta)                  Meus caros e minhas estimadas leitoras: Por primeiro, não tenho certeza se a instantaneidade ainda não trocou o termo ‘leitor/leitora’ por outro da mídia digital. Afinal, são tantas mudanças quase instantâneas. Minhas primeiras palavras são essas: não tenho certeza. Até me atrevo a pronunciar no …

Continue lendo »

ago 25

A Familia Agradece

  – Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta) Chasque  Pampeano é a denominação deste site, sítio campeiro e cultural que nos cede espaço o comunicador tradicionalista Paulo Guimarães, a quem sempre incentivo e agradeço pela gentil parceria de saberes e convívio comunitário e social compartilhados. Andei compromissado com as vicissitudes e atribulações da vida cotidiana, …

Continue lendo »

dez 29

SINFONIA Para: Humberto Gabbi Zanatta

Quem busca estar atento à cultura, certamente sabe do valor textual e poético do Humberto Gabbi Zanatta. “Tropa de Osso” – sua canção – diz tudo: “Tropa de Osso quem não teve quando piá ou não foi piá ou não viveu como nós, outros…”.   Pois ele partiu na tarde do dia 28 de dezembro …

Continue lendo »

dez 24

O NATAL GAÚCHO É ESTE ?

    – Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta, Doutor em Educação)   Foi de repente. As estradas, as árvores, os prédios, o meio natural e o ambiente antrópico (do grego, anthropos: gente, homem) foram cobertos de porções de água congelada em forma cristalina com grande capacidade de refletir a luz, por isso adquirindo …

Continue lendo »

fev 05

EXISTE  ‘MORTE’  FELIZ  ?

– Dilmar Paixão –(professor, escritor e poeta) Confesso-lhes que eu não era muito crente dessa afirmativa. Apesar de ter lido muito sobre isso por dever profissional, a palavra ‘morte’ já me soava como um termo funesto e profundamente triste. Fiz leituras sobre o assunto e dois livros, particularmente, deram-me dimensões complementares: “Morte, estágio final da …

Continue lendo »

set 24

UM FUNERAL GAUCHESCO

-Dilmar Paixão- “A tropa se perde espargindo searas de angústia e revolta…” Nem angústias, nem revolta, a tropa não está perdida, é claro, a morte é sentida, mas, nessa consciência larga, não pensei na Tropa Amarga, do Luis Menezes e Darci. E, “se a morte não marca hora”: – como explicar Teixeirinha ? … se …

Continue lendo »

set 12

Seu Paixão, o homenageado de Santa Maria-RS

    – Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta)               Com a gentileza do espaço propiciado pelo patrão deste sítio campeiro e cultural, o comunicador tradicionalista Paulo Guimarães, compartilho com os leitores duas manifestações feitas à comunidade de Santa Maria pela escolha do meu pai Darcy Paixão, Conselheiro Benemérito do Tradicionalismo, como Homenageado …

Continue lendo »

jul 08

Competição rima com Tradição ?

“COM-PETIÇÃO”! Por Dilmar Paixão Meu patrício, belas prendas, Com licença! Abro o peito. Me escoro no parapeito e respondo a interrogação, que me encaminhou o patrão, num bueno Chasque Pampeano, para que eu examinasse o plano: “Tradição com Competição”.   Competir ou Competência ? Esta é a primeira pergunta. Isso aparta ou rejunta, os peões …

Continue lendo »

jun 19

Voluntariado nos Centros de Tradições: entre atos e pensamentos

– Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta) Acolhi a sugestão do chasqueiro e amigo, companheiro de ideais e lutas pela cultura, Paulo Guimarães, para que esboçasse neste espaço, a leitura que eu faço sobre as ações de voluntariado, tão necessárias e oportunas, na atualidade gaúcha e brasileira. Há quase seis décadas cresci participando das …

Continue lendo »

abr 24

Chasque do Dilmar Paixão

A MULTIMUSICALIDADE INTERCULTURAL NA FESTA NACIONAL DA MÚSICA   – Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta)     Um espetáculo de muitos shows em movimentos artísticos diversificados. Porto Alegre viveu dias 17 e 18 out 2016, uma iniciativa ímpar: Fernando Vieira organizou mais uma edição da Festa Nacional da Música. Para quem percorreu o …

Continue lendo »

abr 22

A música não se restringe a fronteiras

– Dilmar Paixão – (professor, escritor e poeta) Acabou de ser entregue o troféu The Voice Kids ao novíssimo encanto bombachístico denominado Thomas Machado. Poucas vezes, nestas quase seis décadas da minha existência, assisti à unidade rio-grandense numa única torcida de chimangos e maragatos, gremistas e colorados, enfim, desprovida desses dualismos que, historicamente, dividem as …

Continue lendo »