«

»

fev 27

Campanha em defesa da música regional

Acho muito lindo e pertinente ver videos de cantores e músicos pedindo para valorizar a música do Rio Grande do Sul e toda campanha do bem, é bem vinda, mas também penso que tem que começar pelos próprios músicos, cantores, compositores, escritores, poetas começarem a valorizar seus parceiros, seus colegas. Já houve algo parecido com o tem “Te abraça ao Rio Grande” onde músicos se juntaram para criar uma campanha de valorização, qual a essa. mas infelizmente não foi isso que constatamos.

Esse final de Semana fui a dois shows, que depois virou bailanta e onde haviam alguns músicos, que para mim colegas dos que estavam em palco, mas certamente para quem estava em palco, inferiores e em nenhuma das ocasiões, foram citados a presença desses colegas, desses músicos ou de poetas que ali estavam.
– Seria por ignorância?
– Seria por medo?
– Seria por desleixo?
– Seria porque?

Boa pergunta. Se um músico não valoriza quem escreve um tema, quem musica uma obra, se tem muitos músicos que não dizem as autorias das músicas, porque fazer campanha para o povo?

O Povo vai ouvir, vai compartilhar, vai comprar, vai adquirir quando os músicos deixarem de fazerem musicas para eles e fazerem para o Povo. É simples. É fácil, mas enquanto estiverem essa concorrência, é chover no molhado.

Falei isso dos festivais a 10 anos atrás, que estavam matando a vaquinha que dava leite, e mataram. O Povo não vai mais a festival, porque não gosta das músicas. Será que alguém viu isso?

Mas é louvável a campanha, desde que os próprios músicos se aproximem do Povo.

Extraído do blog Entre Mates e Guitarras, de Paulo Ricardo Costa.

Joca mobiliza artistas em defesa da música regional

“Estou de saco cheio”. Com esse pensamento, o cantor Joca Martins decidiu gravar um vídeo para pedir aos gaúchos que dediquem pelo menos um minuto do seu dia, para compartilhar ou pedir músicas regionais em emissoras de rádio. O intérprete de “Eu sou bagual” disse que teve a ideia ao se inconformar com o tempo que muitas pessoas tem gasto para criticar cantores como Anitta e Pablo Vittar. Entende que esse tipo de energia, negativa, pode ser usada em algo prático, como a campanha iniciada por ele e que foi encampada por diversos outros artistas. “No outro dia, o Jean Kirchoff (melhor cantor de 2017, pela votação do G1RS) me ligou e disse: compadre, posso gravar e compartilhar um vídeo igual ao teu”?

Imediatamente, a classe musical ligada à cultura gaúcha passou a segurar a mesma bandeira. Artistas e compositores como Luiz Marenco, Thomas Machado, Régis Marques, Analise Severo, César Oliveira & Rogério Melo, Juliana Spanevello, Mauro Silva, Marcello Caminha, Cristiano Quevedo, Gerson Brandolt e Dionisio Costa compartilharam vídeos com o mesmo apelo, com a hashtag #vamosjuntosvalorizaroqueenosso. Essa hashtag também pode ser utilizada por todos nós, na hora de compartilhar vídeos com música de nosso cancioneiro. Assista aos vídeos, clicando aqui.

por Giovani Grizotti, do Repórter Farroupilha (junto ao portal G1)

MTG convida: Use o tema “Eu apoio a música gaúcha” na foto de perfil do Facebook


O Movimento Tradicionalista Gaúcho criou o tema “Música Gaúcha #Eu Apoio”, para utilização em fotos de perfis no Facebook. A iniciativa faz parte de um rol de atividades que está mobilizando artistas, produtores culturais, radiowebs e outros agentes envolvidos na música do Rio Grande, bem como o público que aprecia.

Para utilizá-la, clique aqui: www.facebook.com/fbcameraeffects/tryit/1901043159937083/

Fonte: portal do MTG-RS

 

Deixe uma resposta