Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/chasquepampeano/public_html/Connections/Connection.php on line 18
Chasque Pampeano:Mensagem do Paixão sobre o Ternos de Reis...

Visitante Nº:
contador de visitas

  Aqui as últimas notícias do meio tradicionalista...

 

 

 

05/01/2016

Mensagem do Paixão sobre o Ternos de Reis
 

Blog do Léo Ribeiro

 
O Rio Grande e os Ternos de Reis

 

Estamos em plenas festividades natalinas, segundo a mais pura religiosa tradição gaúcha, que vai de 25 de dezembro a 06 de janeiro do próximo ano, ou seja, da comemoração religiosa mais antiga do folclore gauchesco, que vem de 1750 (herança Açorita) e está bem viva aos dias atuais através dos verdadeiros tradicionalistas.

Festeja-se o nascimento de Cristo, data de maior cristandade universal, com a chegada dos Reis Magos junto ao presépio, onde nasceu Jesus na mangedora, segundo a Bíblia, tendo como seguimento a Estrela Guia que iluminou os caminhos à Belém.

Assim cantando de rancho em rancho, residência em residência, de Centro de Tradições à irmandade tradicionalista, nosso festejo dos Ternos de Reis, lembram esse cenário despido de neve, renas, trenós, e pinheirinhos coloridos, de desenhos e figuras caricatas não cristãs, ausência de mercantilização de presentes e comercialização de fúteis objetos, e desumanas atitudes.

Assim, O Terno de Reis com o Mestre, o Contra mestre, o Ajudante de contra mestre e o "tipi" festejam a tradição gaúcha.

Ainda hoje, em dezenas de municípios do nosso Estado, os reses são cantados ao som da gaita, do violão, da rabeca, do tambor e do triângulo.

O meu Terno canta:

Agora mesmo cheguemo

Na beira de seu terrero

Para tocá e cantá

Liçença peço premero.

Porta aberta, luz acesa

É sinal de alegria

Entra eu, entra meu terno

Entra toda a compania.

Jesus Cristo está nascido

Para ser sempre adorado

Nosso prazer é profundo

És o filho de Deus que veio salvar o mundo

Malchior, Baltazar, Gaspar

Trazendo ouro, mirra , incenso

Ao rei que vão adorar

Por que tem prestigio imenso.

E nesse presépio oculto

Tão pobre de ostentação

Veio a luz o belo vulto

Que nos trouxe a salvação.

Dentro da mangedoura

O senhor Jesus nasceu

Hoje é noite mui festiva Brilham as estrelas lá no céu.

25 de dezembro Cristo nasceu em Belém

Todos , todos o adoravam

Nós o adoramos também

Chegamos em sua morada

Eu e meus companheiros

Nós andamos festejando

O primeiro de janeiro

Vamos dar a despedida

Como deu Cristo em Belém

Esse terno se despede

Até o ano que vem.

. J.C. Paixão Côrtes

 


Você também pode publicar um artigo de sua autoria no Jornal Virtual Chasque Pampeano. Mande seu texto e/ou foto, Cliques aqui para enviar:CHASQUES

Volta para página inicial