Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/chasquepampeano/public_html/Connections/Connection.php on line 18
Chasque Pampeano:QUEM É GAŚCHO?...

Visitante Nº:
contador de visitas

  Aqui as śltimas matérias do meio tradicionalista...

 

 

 

03/03/2008

QUEM É GAŚCHO?
 

Gaúcho é quem se identifica com a filosofia tradicionalista e com os usos e costumes do povo do Rio Grande do Sul, independentemente do local onde nasceu. Como salientou Barbosa Lessa, é um “estado de espírito”!

Dorotéo Fagundes de Abreu, em artigo publicado na sua Agenda Gaúcha 2005, cita o grande livro "The Gaúcho", de Madaline Nicchols, da Carolina do Norte-EUA, o qual nos informa: "O gaúcho não é uma designação de nacionalidade ou de origem territorial, mas simplesmente uma designação de uma estirpe, de um ser humano que existiu e existe em vários locais, não limitados por fronteiras políticas nem idiomas". O termo, assim posto, designaria certo tipo humano bem diferente dos demais, por suas características étnicas, por seu usos, costumes e filosofia de vida.

 Conforme Dorotéo Fagundes, para alguém ser gaúcho, modernamente, não precisa ter nascido na região do Prata nem especialmente no Rio Grande do Sul; basta que o sujeito tenha no peito um estado de espírito permanente de amor à Terra e de Liberdade, que já é gaúcho!

Acrescentamos, no entanto, que entre os gaúchos há diferenças oriundas das suas respectivas origens formadoras, ou seja, não se pode nivelar gaúchos castelhanos, com origem espanhola, com gaúchos brasileiros, de origem portuguesa.

A formação diversa reflete, fundamentalmente, no folclore, nas peculiaridades dos usos e costumes tradicionais de cada um desses diversos povos gaúchos, vindo essas particularidades, por pequenas que sejam,  formatar a cada uma dessas identidades culturais singulares, próprias, e, portando, distintas entre si. 

Não é preciso lembrar, por exemplo, que dentro da Argentina e do Brasil existem, conforme cada região, diferenças na culinária, no modo de vestir e no jeito de encilhar o cavalo, dentre outras. Respeitar esses diferentes patrimônios culturais regionais de cada um desses locais é um dever de todos os demais povos e um direito garantido aos seus detentores, por herança recebida dos antepassados. Assim, as naturais diversidades culturais existentes entre os povos é, também, um direito humano a ser defendido e observado, em nome da preservação de suas identidades, de suas Histórias e de suas particulares culturas. Qualquer ato no sentido de afrontar esses singulares patrimônios culturais será equiparado ao crime de “lesa-pátria”, por constituir-se o mesmo em um reprovável e inescrupuloso assassinato cultural!

Fonte: Bombacha Larga

 


Você também pode publicar um artigo de sua autoria no Jornal Virtual Chasque Pampeano. Mande seu texto e/ou foto, Cliques aqui para enviar:CHASQUES

Volta para página inicial