Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/chasquepampeano/public_html/Connections/Connection.php on line 18
Chasque Pampeano:A Tradição na encilha dos Gaúchos do Rio Grande!...

Visitante Nº:
contador de visitas

  Aqui as últimas matérias do meio tradicionalista...

 

 

 

19/05/2008

A Tradição na encilha dos Gaúchos do Rio Grande!
 

 

 

A Encilha Gaúcha Tradicional: patrimônio cultural-regional a ser preservado pelos Tradicionalistas Gaúchos Brasileiros!

 

Respeitar a preservação do patrimônio cultural-regional-tradicional do Povo Gaúcho Sul-rio-grandense é uma obrigação cultural de todos os Tradicionalistas Gaúchos e um dever moral-institucional das Entidades Culturais filiadas ao Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro organizado. Cumprir a Filosofia Tradicionalista significa evita as importações de costumes, os modismos de mercado e a sobreposição das individualidades frente ao patrimônio tradicional do Povo Gaúcho Sul-brasileiro. Nesse contexto, a observância das Diretrizes do Tradicionalismo para as Encilhas dos Eqüinos e as Atividades Campeiras Tradicionalistas também é fator essencial para que se faça, efetivamente, Tradição Gaúcha Brasileira, isto é, a transmissão, de pai para filho, às novas gerações, dos usos e costumes gaúchos tradicionais do Rio Grande do Sul. Os corriqueiros discursos da flexibilização, da liberalidade total e da ausência total de normas interessam em muito aos mercadistas, que de forma indevida exploram o Movimento Tradicionalista Gaúcho organizado. Mas é nesse quadro das perniciosas parcerias comerciais e politiqueiras, e em nada culturais, que a importância da normatização de procedimentos e atitudes, pessoais e institucionais, se faz ainda mais necessária, sob pena de se relegar a um segundo ou último plano os reais fins do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro. Por isso, o ato de encilhar um cavalo - essência da Tradição dos Gaúchos Campeiros do Sul do Brasil – não deve permanecer à margem das regulamentações culturais, uma vez que toda a Tradição Gaúcha Sul-brasileira está calcada nas atividades pastoris dos gaúchos interioranos do Rio Grande do Sul. Dessa forma, o Tradicionalista – aquele que preza muito a Tradição Gaúcha do Rio Grande do Sul -, antes mesmo de começar a ensinar a prática da encilha gaúcha tradicional aos novos e futuros Tradicionalistas Gaúchos, deve conscientizá-los da importância que o ato representa na Tradição dos Gaúchos Campeiros do Rio Grande do Sul. Serão os conhecimentos mínimos, repassados ao iniciante na arte de encilhar, que permitirão aos aprendizes a compreensão, por exemplo, de que uma simples falta de cuidado na encilha poderá ocasionar lesões no lombo do animal, inutilizando-o por um longo tempo para a sua função de montaria. E assim como a Pilcha Gaúcha e a música regionalista sul-brasileira, também o modo tradicional de encilhar um cavalo deve estar protegido, preservado e repassado às novas gerações.

 Evitando-se o uso das selas importadas e o encordoamento alienígena, valorizando-se o serigote, o basto, o pelego grande e a altura correta dos estribos estar-se-á agindo de acordo com a Filosofia Tradicionalista da Carta de Princípio do MTG.

Observá-los, portanto, é um dever institucional e uma obrigação cultural, a serem cumpridos nos ambientes tradicionalistas gaúchos. Assim, é pela norma regulamentar - conhecida, observada e respeitada -, que os Tradicionalistas Gaúchos Brasileiros e as suas Entidades Tradicionalistas poderão, respectivamente, cumprir com as suas obrigações culturais e os seus deveres moral-institucionais para com o culto, a preservação e a adequada divulgação das autênticas Tradições dos Gaúchos Campeiros do Sul do Brasil!

 

Fonte: Bombacha Larga

 


Você também pode publicar um artigo de sua autoria no Jornal Virtual Chasque Pampeano. Mande seu texto e/ou foto, Cliques aqui para enviar:CHASQUES

Volta para página inicial